Região abandonada de SP ganha espaço cultural feito de contêineres

O texto abaixo, “Região abandonada de SP ganha espaço cultural feito de contêineres”, foi escrito por Bernardo Frizero no Blog da Arquitetura

A utilização de contêineres na construção de moradias, lojas, bares é – hoje em dia – muito comum. Mas você já imaginou um teatro com essa estrutura? Seria possível?

Pois é, São Paulo acaba de ganhar um novo espaço cultural construído por dez contêineres marítimos. O teatro foi construído próximo à estação da Luz, no centro da cidade, em uma área marginalizada, frequentada por prostitutas e usuários de drogas. O projeto tem o objetivo de revitalizar a região, uma vez que tem um grande potencial e uma localização estratégica, mas estava sem um destino aparente.

Credito: Estadão

O espaço é um teatro com palco multiuso – para shows, danças e cinema, e ainda conta com lanchonete, escritório, camarim, playground, e uma grande área externa com uma horta hidropônica comunitária. No espaço interno existem paredes de vidro que permite que atores e plateia possam ver e ser vistos por pessoas na rua.

A escolha de contêineres para construção levou em consideração o preço mais acessível e a mobilidade. O espaço é comandado pela Cia Mungunzá de Teatro e todo o projeto foi financiado pela própria companhia, que desembolsou cerca de 300 mil reais. Para isso, foram necessários 8 anos de atividades da companhia para juntar esse montante. O terreno é da Prefeitura e foi pleiteado pelo grupo por um período de três anos.

Credito: Estadão

Projetos como esse mostram como a parceria com o poder público é importante na democratização da cultura e dos espaços públicos. O grupo deseja uma cidade mais humana e plural, e acredita que o projeto possa contribuir para um desenvolvimento artístico mais sólido e duradouro.

O primeiro espetáculo, Luis Antonio Gabriela, já está em cartaz de segunda a sexta-feira às 20 horas. O preço dos ingressos é de R$30 e R$15,00.

+Teatro de Contêiner Mungunzá

O teatro tem capacidade para 99 pessoas. A venda de ingressos começa uma hora antes das apresentações e o local aceita dinheiro e cartões de débito/crédito. Fica localizado exatamente na Rua dos Gusmões, 43, na Santa Efigênia, próximo à estação da Luz. Para mais informações acesse o site da companhia www.ciamungunza.com.br.

Fonte: Estadão

Solicite um orçamento